Comentários da Lição 12 (4o Trim/2017) por Membros da Classe do EJC

22 de dezembro de 2017

licao-2017-4

Vencendo o Mal com o Bem

Verso para memorizar: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” Rm 12:2.

Os Capítulos finais da epistola de Romanos tem um foco menos doutrinário e mais prático, como se fosse a cartilha final de uma grande multinacional contendo padronizações dos processos para que possamos viver plenamente e feliz com Cristo. Ler o capítulo 12 e 13 é gratificante pois de início verificamos que Deus é um Ser organizado, padronizado e que após a teoria nos ensina a colocar em prática o conhecimento passado.

De início é verificado que Deus não quer que simplesmente vivamos com nossas emoções a flor da pele ou vivendo pela impulsividade, especialmente quando a questão é seguir Ele e seus preceitos, mas nos pede para termos uma racionalidade a tal forma que tenhamos a consciência que somos colocados como sacrifício “… vivo, santo e agradável a Deus” Rm 12:1 NVI.

Paulo já escreveu algo parecido no capítulo 6 versículo 13 de Romanos diz que devemos nos apresentar ao Senhor como vivos dentre os mortos. Pois renascemos com Cristo, sendo que o velho homem morreu e não somos mais como os animais mortos que eram usados nos sacrifícios e sim devemos nos apresentar para servir de coração e mente.

No mundo empresarial, especialmente em Coaching Executivo, falasse muito que tudo começa na sua mente e antes de ter você deve ser. Como assim? Que caso você queira ser um orador de sucesso, comece a agir como um, caso queira ser um alto executivo, se vista como um. Assim se quisermos ser santos e verdadeiros seguidores de Cristo “… deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele.” Rm 12:2 NTLH.

Percebe-se que a uma lógica nos capítulos finais de Romanos, pois Cristo vem mudar o nosso coração, muda a nossa mente para sermos seres salvos e conscientes que ele irá voltar para que possamos agir e e no final das contas, somos embaixadores do Céu em que devemos transmitir essa mensagem com amor, utilizando nossos dons, para que outras pessoas tenham a mesma consciência e comecem esse ciclo, de primeiro ser, para depois ter e de amor uns para os outros.

O padrão da comunidade Cristã é o que está escrito em Romanos capitulo 12 versículo 3 em diante. E percebemos que primeiro, Deus através de Paulo quer nos mudar, para depois mudarmos a nossa comunidade e somente por intermédio e testemunho nosso, devemos mostrar as nossas autoridades e obedece-las, pois, quem as escolheu foi o Senhor e não só isso, mas orar pelos os nossos chefes de estado para que tenham um direcionamento dos céus, pois como nós eles também precisam ser salvos.

Claro, que tudo isso com muito amor e compreensão entre nos cristões e os que nos veem, pois querendo ou não, somos referência para muitas pessoas que ainda não tomaram a decisão correta por Cristo e ao ter esse sentimento, você não precisará falar nenhuma palavras, mas os outros vão olhar e dizer como você é diferente, pois o simples fato de você se dedicar de mente e coração ao ser santo e puro lhe transformará e naturalmente, quando menos esperar terás feito tudo o que lhe é pedido, ensinado e dito da Palavra.

Pois a nossa esperança é única, Cristo breve voltará e cada vez estamos mais perto dessa certeza, bem mais perto do que ontem, bem mais perto do quando nos batizamos e por esse dia estar próximos devemos nos preparar de modo que possamos levar muitas pessoas para viver a felicidade eterna com Cristo.

Finalizamos a primeira parte da prática de Romanos e vimos a relação direta e principal do verso áureo com o estudo da lição, Deus não faz nada pela metade, não inspira seus servos pela metade, e ao meditar nesses capítulos percebe-se que além de um plano maravilhoso que Ele tem em nossas vidas de transformação para que possamos ser felizes, tem esse carinho especial de que não devemos nos preocupar com nada e sim somente com a racionalidade de seguirmos, tudo nos és suprido de maneira tão gratificante que é melhor deixarmos Deus ser Deus e fazermos a nossa parte pois, Breve virá Jesus e cada novo dia é um dia mais perto de seu regresso.