Comentários da Lição 9 (2o Trim/2017) por Flávio Reti

31 de maio de 2017

profecia-706x410

LIÇÃO N. 10 – PROFECIA E ESCRITURA (27 de maio a 02 de junho)

 

-Profecia á algo fascinante porque tem a ver com o profeta e o próprio Deus

-E nós encontramos as profecias nas páginas da nossa bíblia, bem à nossa mão

-Através delas você vê que Deus sabe de tudo e de antemão, séculos na frente

-Profecia não é uma planejamento para o futuro, é uma descrição antecipada do futuro

-É como se você já estivesse lá vendo tudo acontecer tal e qual e depois voltar ao presente

-Os homens também fazem suas previsões, mas elas falham e nem sempre acontecem

-Os economistas preveem a inflação, a produção, o PIB, o valor do dólar e erram

-Os químicos chegam a descrever em detalhes os resultados das combinações de elementos e erram

-Os físicos antecipam os eclipses, as chuvas, os terremotos, a aparição de planetas, astros, sóis e erram

-Os administradores de empresas antecipam as estratégias de produção, de venda, tendências de mercado

-Mas a ciência humana pela qual preveem não é muito confiável, ela mais falha do que acerta

-Isso porque a profecia é muito mais do que ciência, é a informação vinda do próprio Deus

-O nível de confiabilidade e de acerto é total, 100%. Deus falou, está falado, ou melhor, está profetizado

-O conhecedor das profecias é mais difícil de ser enganado. Ele vai pela certeza, não tem como errar

-“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32)

DOMINGO – JESUS NO ANTIGO TESTAMENTO

-O grosso do Velho testamento é a vinda de Jesus, seu sacrifício e sua ressurreição

-O Novo Testamento prevê a história da igreja e descreve a 2ª vinda de Jesus, a salvação da igreja

-As profecias diziam que Jesus viria para derrotar satanás, tornar-se salvador e vencer a morte

-Tudo foi previsto: nascimento de Jesus, seu ministério, seu sacrifício e sua morte

-Paulo sempre testificava aos judeus que Jesus era o Cristo, o Messias, o enviado

-As escrituras previam que Jesus seria da linhagem de Davi. Basta ler a genealogia e confirmar isso

-Pedro que conheceu pessoalmente Jesus podia comprovar tudo que dele foi antes escrito

-Muito do que os profetas falaram, embora movidos pelo Espírito, eles não viram acontecer

-Pedro confirmou tudo e viu o próprio Jesus pessoalmente como prefiguravam as profecias a seu respeito

SEGUNDA – TESTEMUNHAS OCULARES DA MAJESTADE

-Pedro esteve com Jesus, ouviu seus ensinos, viu seus milagres, andou com ele 3.5 anos

-Pedro declarou com convicção que “Ele era o Cristo filho do Deus vivo”, o messias que havia de vir

-A certeza de Pedro contrasta com a ignorância dos líderes judeus

-Os sacerdotes, os mestres, sabiam menos de Cristo do que Pedro, um rude pescador

-Hoje também, muitos crentes, quase ignorantes, sabem mais de Cristo do que grandes cientistas

-É bom conhecermos o testemunho de Pedro que encontramos nos seus escritos

-Pena que não temos vídeos de Pedro com Jesus, de Pedro com sua comunidade de crentes

-Não podemos reprisar os milagres de Jesus e depois os dos discípulos, inclusive de Pedro

-Pelo pouco que temos na descrição de Pedro e de Paulo já nos impressionam muito

-Na suas simplicidades, eles nunca iriam mentir sobre a veracidade da vida de Jesus

-Ele mesmo não seria tão confiante no que pregava se não fosse a pura verdade

-No discurso de Pedro, ele testificou, diante dos sacerdotes, a morte e a ressurreição de Jesus

-E nós percebemos na descrição que não era uma argumentação fanática, era bem fundamentado

TERÇA – A ESTRELA DA ALVA EM NOSSOS CORAÇÕES

-A estrela da alva surge no horizonte e sobe até o raiar do dia. Só então deixa de ser visível

-Essa alusão à estrela e uma metáfora do crescimento do conhecimento pelas profecias

-Temos um Deus que nos legou profecias detalhadas sobre o futuro

-Sabemos que haverá ressurreição, sabemos que Jesus voltará em breve

-Sabemos que teremos vida eterna, sabemos que o mal será extinto

-Sabemos muitas coisas sobre o futuro porque Deus nos revelou através das profecias

-Ciganas cartomantes dizem que leem as mãos e predizem o futuro, mas é pura enganação

-Nenhum governo da terra é capaz de discernir o futuro de sua nação, embora projetem alvos

-Só um Deus que conhece o presente e o futuro poderia nos revelar coisas ocultas

-Qual pai ou mãe que não gostaria de saber o futuro de seus filhos? Assim é Deus

-Profecia é luz, é conhecimento, é discernimento e “sem profecia o povo se corrompe” se perde

-Por que você acha que o mundo está perdido? Porque não aceita a interpretação de Deus

-Sem profecias nós também viveríamos como o mundo vive, como animais no pasto

-Mas um dia não precisaremos mais estudar profecia, ouviremos diretamente dos lábios de Jesus

-A brilhante estrela da manha (Cristo) já terá nascido em nossos corações

QUARTA – PALAVRA PROFÉTICA CONFIRMADA

-Qualquer um pode profetizar. Nostradamus fez isso, Ananias, algoz de Jeremias, fez isso (Jer.28)

-Ao analisar uma profecia, observe sua origem e sua interpretação

-Óbvio que só são confiáveis aquelas cuja origem é de Deus

-Mãe Dinah morreu e nunca viu uma de suas profecias cumpridas realmente

-Todo começo de ano a TV faz programas profetizando para o futuro

-Nossa igreja tem uma posição definida com relação à interpretação das profecias

-Só aceita a interpretação dada pelo próprio Deus por meio de seus profetas

-E você ainda vai encontrar profecias que Deus ainda não revelou a interpretação

-Apocalipse 17 é uma delas que fala dos sete reis. Até hoje não há um acordo de quem são eles

-Há interpretações humanas, individual ou por vários estudiosos, os falsos profetas

-E há a interpretação divina, por meio de um profeta

-Toda profecia encontrada na bíblia tem sua origem em Deus através de seus profetas

-E há interpretações divinas também dadas por meio de seus profetas

-Nessas você pode confiar. Só se pode confiar naquilo que é palavra de Deus

QUINTA – A PALAVRA EM NOSSA VIDA

-A única palavra que n ós temos no momento é a palavra escrita, a nossa bíblia

-Por curiosidade é o livro mais impresso no mundo, seis bilhões no mundo

-O segundo livro mais escrito, um livro chinês, 800 milhões e é distribuído de graça

-A bíblia, o livro mais combatido, o que mais enfrentou tentativas de eliminação

-No entanto, hoje existem mais de 200 sociedades bíblicas no mundo, vendendo a preço acessível

-A bíblia, ao longo de mais de um milênio foi combatida pela igreja, pela perseguição, pela revolução

-Como se explica ela ser o mais traduzido, mais amado, mais estudado, o mais lido?

-Que fenômeno e que força existem por trás dela para tanto sucesso através dos séculos?

-Pedro responde: “Nenhuma profecia jamais foi dada por vontade humana

-Mas homens santos de Deus escreveram movidos pelo Espírito Santo

-O cínico Voltaire disse que ela seria “logo peça de museu e o cristianismo desapareceria”

-Bem ao contrário, sua casa, depois de sua morte, se transformou numa sociedade bíblica

-Nós que temos e estudamos a bíblia não temos como nos enganar e nem como ser enganados

-Porém, Paulo diz que “os homens maus irão de mal a pior, enganando e sendo enganados”

-Logo, nossos lombos deverão estar cingidos com a verdade, na mão o escudo da fé

-Na cabeça o capacete da salvação e com a espada do espírito que é a palavra de Deus

-Com ela poderemos abrir caminho nas obstruções e nos embaraços do pecado (A.A. p.502)

SEXTA – CONCLUSÃO

-“Meu povo perece por falta de conhecimento”, disse o profeta Amós. Pense em quatro situações:

            -não ter conhecimento > é viver na ignorância, é viver como um morto ambulante

            -ter pouco conhecimento > pode ser confundido e pode se atrapalhar

            -ter o conhecimento falso > esse pode nos destruir, nos embrutecer

            -ter muito conhecimento, o correto > esse salva se for seguido e continuado

-Não podemos aceitar ser cristãos só de ouvido, precisamos conhecer o assunto

-Como um músico que toca de ouvido, esse nunca vai estar numa orquestra, precisa saber música

-Nosso maior problema hoje, como povo de Deus, é não conhecer sequer a nossa bíblia

-Nosso conhecimento de Deus é que nos identifica com ele. Ninguém confia em quem não conhece