Meditação diária de 01/12/2017 por Flávio Reti

1 de dezembro de 2017

Evangelho-de-Cristo

01 de dezembro
Dia da bíblia

Salmos 119:105   “Lâmpada para os meus pés é a tua palavras e luz para os meus caminhos”

Todo primeiro domingo de Dezembro é o dia da bíblia, mais conhecida como “a palavra de Deus”. Alguém disse que a bíblia é como uma bigorna na qual já foram desfeitos muitos malhos. Quem já viu um ferreiro trabalhando na sua oficina sabe que ele esquenta o ferro até tornar-se em brasa e depois malha com uma marreta para dar o formato que lhe interessa e assim ele molda o ferro, a despeito da sua dureza. Pois, bem, a bigorna sobre a qual ele malha o ferro resiste às marretadas contínuas enquanto muitas marretas, ou malhos, se despedaçam de tanto malhar. Assim é a bíblia. Há uma curiosidade com nossa bíblia, ela foi escrita num período de 1600 anos, escrita por 40 autores diferentes, contém 66 livros sendo 39 deles no Velho Testamento e 27 no Novo Testamento. Apesar de tanto tempo para ficar pronta, nenhum autor e nenhum livro contradiz um ao outro, havendo uma coerência impressionante. Há uma grande diferença entre os autores, mas há uma harmonia entre eles que parece que viveram na mesma época. Este e outros detalhes que nos ajudam a sustentar que ela é a palavra de Deus. Hoje ela já se encontra traduzida para mais de 1500 línguas e dialetos. Ela foi escrita em circunstâncias difíceis, porque na época não havia imprensa, máquina de escrever e muito menos se pensava em computador. Algumas páginas foram escritas em plaquetas de barro ou de pedra, mas a maioria foi escrita em papiros. Alguns livros foram escritos no deserto de Sinai, outros no cárcere, no desterro, alguns nas cidades e outros no cativeiro. Em 1947, foram encontrados numa caverna, chamada de Qunran, alguns rolos de manuscritos antigos de Isaías e outros profetas, datados de alguns séculos antes de Cristo. O Velho Testamento foi escrito em Hebraico, com exceção de algumas partes de Esdras, Jeremias e Daniel que se utilizaram do aramaico. Já o Novo Testamento foi escrito em grego. Fala-se muito numa tal de septuaginta, que foi uma versão traduzida do hebraico para o grego por 70 sábios intelectuais judeus de Alexandria, no segundo século antes de Cristo. Em 1631, na Inglaterra, um impressor gráfico foi obrigado a pagar uma multa de 500 libras porque ele omitiu a palavra “não” nos dez mandamentos e depois cada exemplar dessa bíblia recebeu o nome de bíblia iníqua. Na própria bíblia encontramos palavras com as quais ela mesma é comparada: pérola de grande preço, palavra de Deus, a boa semente lançada no campo, luz, fogo, espada de dois gumes, espelho e outras.

Na bíblia podemos ter uma visão do futuro e da felicidade no céu, porque nela estão reveladas cenas da glória futura e pintadas pela mão de Deus que vem se transformando numa preciosidade para a igreja de Cristo na terra. O motivo de haver tanta gente neste mundo envolvida com o pecado, longe de Deus, é porque sua palavra não é estudada como deveria ser. Os homens de hoje manifestam tão pouca força de vontade e tão grande negligência com respeito à palavra de Deus que a vida e o caráter demonstram claramente a distância que os separa da bíblia. Os homens se negam a dirigir a mente para as palavras de vida que se acham nas páginas das escrituras e com isso vivem alienados de Deus, passam pela vida como uma sombra e nada levam, nada entesouram para a vida eterna. Poucos são os que escolhem a boa parte que Maria escolheu. A grande maioria se envolve com as coisas do mundo e negligenciam passar tempo com Deus meditando na sua palavra. Tudo tem um preço a pagar na vida. Nossa negligência é a causa de sermos enganados. Sabemos que cenas assombrosas, das quais satanás é o mentor, logo terão lugar neste mundo tenebroso, arruinado pelo pecado. A palavra de Deus declara que satanás, em pessoa, operará milagres que sem o conhecimento da palavra de Deus será difícil discernir. A palavra de Deus declara que satanás operará milagres. Fará pessoas ficar doentes e depois ele mesmo removerá delas seu poder satânico e elas serão consideradas curadas. Essas obras de curas milagrosas vão balançar a fé de muitos adventistas, como já vem balançando. As igrejas pentecostais, afastadas da bíblia, mas perto de satanás, estão por aí realizando curas que ninguém consegue negar. Existem curas, mas realizadas por quem?  Meus irmãos, fiquemos com a palavra de Deus, ela ainda é a regra segura de vida e de fé, Ela ainda é o caminho seguro que há de nos levar ao reino eterno de Jesus. Meu irmão, leia sua bíblia, ela não foi projetada por Deus para ser um enfeite de alguma estante empoeirada, mas para ser lida e apreciada e para transformar vidas, talvez a sua vida.